Visibilidade aumenta a segurança em portarias

Visibilidade aumenta a segurança em portarias

 

Policia Militar não aconselha a colocação de películas em portarias dos condomínios

Película, grade ou vidro blindado? Qual a melhor maneira de proteger as portarias e guaritas dos condomínios? Para a Polícia Militar, a melhor maneira é utilizar vidro blindado, mas como o investimento pode ser alto, é possível procurar outras formas de segurança.

De acordo com o comandante do 22º Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina, tenente coronel Sandro Cardoso da Costa, uma das orientações da Polícia Militar é evitar o plantio de árvores ou plantas de tamanhos maiores em voltados condomínios. Assim, o vigia pode ter a visão de todo o terreno.

No entanto, ele não aconselha a colocação de películas em vidros, pois seu uso reduz a visibilidade no interior da portaria e guaritas. E quanto mais nitidez, mais chance de o marginal ser visto cometendo o delito. “É o mesmo que a Teoria do Espantalho. Se o meliante vê que tem alguém lhe observando, a tendência é ele não chegar ao local.

Outro ponto negativo da película é que ela tem o efeito contrário à noite. Ou seja, quem está dentro da guarita não consegue visualizar perfeitamente quem está do lado de fora, efeito oposto para o vigia”, diz o comandante.

Sandro Cardoso também desaconselha a construção de muros de concretos – pois eles podem impedir a visão – e ainda a instalação de grades, que acabam servindo de escada para o invasor. “Também recomendamos – ao invés de janelas nas guaritas – a exemplo de condomínios mais antigos – a colocação de vidro fixo com interfone para evitar que a pessoa que está fora do residencial toque ou se aproxime do vigia”, adverte o coronel.

E foi pensando na segurança dos moradores que o síndico Jairo Lisboa Filho pediu orientação à Polícia Militar quando fez uma reforma no prédio. Administrador do Condomínio Franz Liszt, localizado na Beira-Mar Norte, em Florianópolis, Jairo diz que a consulta à PM tinha como objetivo identificar o modelo que a corporação utilizava para prevenir sinistros nos imóveis.

Entre as orientações repassadas pela instituição estava a determinação de não usar película nos vidros. “Então, colocamos uma película jateada apenas nos vidros das garagens para proteger os veículos do sol, já que as duas ficam nas laterais do prédio”, observa Jairo.

Sindico Jairo Lisboa
Orientado pela Policia Militar, o síndico Jairo Lisboa Filho não utiliza película nos vidros da portaria para facilitar o monitoramento

Residencial de 11 andares e 22 apartamentos, o Franz Liszt, que antes tinha grades na fachada, agora dispõe de vidros na entrada e na recepção (esta é interior ao prédio), a cerca de uns três metros da entrada do prédio. Sendo assim, segundo o síndico, o vigia tem possibilidade de monitorar tudo o que acontece no condomínio. Além dos vidros, existem câmeras direcionadas para locais estratégicos.

O QUE DIZ O ESPECIALISTA
Não há dúvida que a melhor proteção é a oferecida pela vigilância humana, equipada e treinada para situações de emergência. Entretanto, manter vigilantes 24 h x 7 dias requer investimento elevado. As opções passam a ser, portanto, relacionadas às muitas tecnologias de vigilância e segurança hoje disponíveis.

Há consenso entre os especialistas que se deve procurar instalar diversas medidas de segurança, ao invés de se investir em uma única. Exemplo: vidros blindados são, sem dúvida, excelentes; porém, os custos podem ser muito altos.

Por isso, os vidros da portaria, embora não blindados, precisam ser de comprovada qualidade, câmeras cujo monitoramento seja efetuado pelo celular dos moradores, sensores de presença que acendam luzes em diversos pontos, especialmente nas áreas sombreadas e, obrigatoriamente, nas garagens. Nas portas de acesso, porteiros eletrônicos com senha.

Considero importante a visibilidade sobre os jardins e as áreas comuns, pois a maior parte das pessoas que passam acudirá em caso de necessidade, ou, no mínimo, alertará o 190 se perceber algo estranho. Assim, tanto em condomínios quanto em casas, aconselho não haver muros que impossibilitem avistar-se o imóvel da rua, pois se um ladrão conseguir saltar o muro estará à vontade para agir.

A portaria social, na qual normalmente estão os sofás, as portas de elevadores e de acesso às escadas podem ter sua privacidade aumentada pelas películas que permitam avistar apenas de dentro para fora. As películas favorecem a segurança nas partes mais internas, e é um recurso barato que está sendo utilizado muito em empresas

Fonte: Eugênio Moretzsohn, especialista em Segurança Pública.

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!




  • A-
  • A+
Enquete

Como é controlada a portaria do seu condomínio?

Portaria Remota - 13%
Portaria 24 Horas Orgânico - 26.7%
Portaria 24 Horas Terceirizada - 24.7%
Controle de Acesso - 16.4%
Não possuímos - 18.5%

Total votos: 146
A votação para esta enquete foi encerrada em: Junho 6, 2017
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2017-12-15 15:43:39' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2017-12-15 15:43:39' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora