Sistema de Captação da Água da Chuva: informações e benefícios

Sistema de Captação da Água da Chuva: informações e benefícios

 

A água é o recurso mais explorado para a economia e desenvolvimento das cidades atualmente. Sua demanda muitas vezes é alta e a reserva de água doce não dá conta de supri-la.

Em Florianópolis, a falta de água no verão acaba por ser um problema constante para alguns. Uma solução encontrada por muitos condomínios e residências foi a Captação da Água da Chuva. O projeto tem como objetivo garantir que a água seja armazenada durante temporadas de chuva reduzindo gastos com água potável e agindo de forma mais sustentável.

Como funciona o sistema de Captação da Água da Chuva?

É um sistema que armazena água da chuva em um reservatório (enterrado ou exposto), através do telhado do condomínio, casa ou empresa. A água é transportada via calhas e encanamento (geralmente PVC). É necessário um filtro que retire o material mais grosseiro como folhas e galhos, bem como também é possível colocar outro filtro para impedir passagem de material mais fino ou de insetos (telas). Após passar pelos filtros, a água vai para o reservatório, onde deve ser descartado cerca de 2.000 litros de água iniciais, pois ao passar pelo telhado a água acumula muita sujeira e acaba por ser barrenta. O reservatório pode ser de dois mil litros em diante.

Como a água pode conter organismos causadores de problemas de saúde, o indicado é utilizar a água da chuva para lavagens de carro, rega de plantas do jardim, limpeza de pátios e quadras e para o uso da descarga - sendo que uma descarga gasta cerca de 3 a 6 litros de água por vez (caixas acopladas ou caixas baixas).

Screenshot 1

De quanto é a economia obtida pela implantação desse sistema?

O gasto de água médio de um brasileiro é cerca de 160 litros de água por dia. Por ano, isso chega a 57.600 litros e por mês é em torno de 4.800 litros de água. Na conta fixa da água, seria pago R$ 39,77 por mês (segundo o reajuste tarifário de 2016 da CASAN), sem inclusão do gasto por vazamentos e por entrada de ar no sistema. Como muitos sabem, esse valor sempre é maior que o esperado, porque nem todos economizam na hora do banho, na hora de lavar a calçada, entre outras atividades domiciliares que aparentam não gastar tanta água.

Um condomínio pequeno, por exemplo, com 25 moradores, gastaria em torno de 120.000 litros de água por mês (baseado no consumo diário de 160 litros por pessoa). Com isso, a conta pode chegar a mais de R$ 1.470,00 (isso sem contar os reajustes da tarifa sazonal). Nesse mesmo condomínio, a área do telhado disponível, com calhas, pode ser aproximadamente 280m². Considerando que em setembro, outubro e novembro chove em Florianópolis em torno de 150 a 160 mm, seria possível economizar 28.800 litros de água por mês com um projeto de captação da água da chuva.

O consumo da água potável consumida cairia de 120.000 litros para 91.200 litros. Na conta de água isso representaria uma economia de R$ 352,51 de desconto na fatura, ou seja, 24% a menos. Em épocas mais chuvosas, o valor da conta cairia em até 30%. A conta de água é 6% das despesas do condomínio: com esse dinheiro economizado pode-se investir muito mais para outras necessidades dos condôminos (ou da empresa, se for o caso).

Dessa forma, podemos ver como é importante ter em mente o quanto essas atividades, como lavar o carro toda semana ou acionar a descarga várias vezes ao dia, podem resultar em desperdícios de água disponível no nosso planeta. Por esse motivo, se torna extremamente importante aproveitar melhor o ciclo natural da água, sem gerar gastos desnecessários e sem explorar os recursos provenientes do meio ambiente.

Quem devo procurar para realizar um projeto de Captação da Água da Chuva?

A Empresa Júnior de Engenharia Sanitária e Ambiental da UFSC, há 23 anos no mercado, realiza projetos na área de captação da água da chuva, PGRS, tratamento de efluentes, entre outros.

Para mais informações, entre em contato com eles por telefone (48) 3721-2998 ou

e-mail ejesam.contato@gmail.com.

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!




  • A-
  • A+
Enquete

Descreva como é a gestão no seu condomínio

Auto Gestão (Não tem auxilio de administradora/contabilidade) - 16.1%
Auto Gestão Assistida (Contrata serviços terceirizados de contabilidade) - 17%
Gestão com empresa administradora - 32.1%
Síndico Profissional (com administradora) - 27.7%
Síndico Profissional (sem administradora) - 5.4%
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2019-08-20 14:38:54' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2019-08-20 14:38:54' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora